Orientação Alimentar para Osteoporose

Orientação alimentar para osteoporose

Orientação Alimentar para Osteoporose

Tags : 

O aspecto nutricional é de extrema importância no desenvolvimento e manutenção da massa óssea e na prevenção e/ou tratamento da osteoporose. Um dos nutrientes de grande importância para o tecido ósseo é o cálcio (principal mineral que atua na formação da massa óssea) e a vitamina D (fundamental para utilização do cálcio no organismo). (BEDANI; ROSSI, 2005).

PREFERIR
Leites e derivado;
Peixes: sardinha, pescada branca, lambari;
Brócolis, couve, espinafre, agrião, rúcula, manjericão, coentro;
Amêndoa, castanha do pará, linhaça;
Soja;
Alimentos ricos em vitamina D: gema de ovo, fígado, manteiga, óleo de peixe, sardinha, atum enlatado e pescados gordos (arenque caval).

RECOMENDAÇÕES
Exponha-se ao sol da manhã regularmente;
Não fume;
Evite o consumo de café e bebidas alcóolicas;
Exercite-se, principalmente através de caminhadas e exercícios que requeiram força muscular; Tenha uma alimentação rica em cálcio e vitamina D.

Referências Bibliográficas:
RONCADA, M.J. Vitaminas lipossolúveis. In: Dutra-de-Oliveira JE, MarchiniJS. Ciências Nutricionais. São Paulo: Sarvier; p.167-90, 1998.

BEDANI, R.: ROSSI, E.A. O consumo de cálcio e a osteoporose. Ciências biológicas e da saúde, Londrina, v.26, n.1, p.3-14, 2005.

CUPARRI, L. Nutrição Clínica no Adulto – (Guias de Medicina Ambulatorial e Hospitalar /Unifesp – Escola Paulista de Medicina. 2º ed. rev. e ampl. – São Paulo : Manole, 2005.

**Os textos publicados no site têm o objetivo de informar e não substituem a consulta médica.**

Clique aqui para imprimir este artigo.


Pesquisar