O que faz um Geriatra?

O Geriatra é o médico especializado na saúde do idoso, contando com conhecimentos voltados para as particularidades dessa fase da vida. Com abordagem humanizada, o geriatra busca oferecer suporte ao idoso com um olhar biopsicossocial. Saiba mais!

Geriatra

O que é a Geriatria?

A geriatria é uma especialidade médica que se dedica ao estudo, diagnóstico, tratamento e prevenção de condições médicas que afetam os idosos. É uma área da medicina voltada para o cuidado e a promoção da saúde dos indivíduos idosos, abordando as mudanças físicas, emocionais, cognitivas e sociais que ocorrem com o envelhecimento.

A geriatria considera as necessidades e os desafios específicos da população idosa, levando em conta fatores como fragilidade, polifarmácia (uso de múltiplos medicamentos), diminuição da reserva funcional e maior suscetibilidade a doenças crônicas. Os geriatras estão especialmente treinados para avaliar e tratar condições médicas complexas e crônicas que são comuns em idosos, como demência, osteoporose, doenças cardíacas, diabetes, comprometimento funcional e distúrbios do sono, entre outros.

Além disso, a geriatria também se preocupa em proporcionar uma abordagem holística, considerando o bem-estar geral do idoso e promovendo a qualidade de vida e a autonomia. Os geriatras podem trabalhar em diversas configurações de cuidados, como clínicas, hospitais, residências para idosos e centros de reabilitação, e frequentemente trabalham em colaboração com outros profissionais de saúde, como fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e assistentes sociais, para fornecer cuidados integrados e abrangentes.

Qual a diferença entre Geriatria e Gerontologia?

A geriatria e a gerontologia são áreas relacionadas ao estudo e cuidado dos idosos, mas se diferenciam em suas abordagens e enfoques.

A geriatria é uma especialidade médica que se concentra no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças e condições médicas que afetam os idosos. Os geriatras são médicos especializados em cuidar da saúde física e mental dos idosos, avaliando e tratando condições médicas específicas relacionadas ao envelhecimento. Eles têm conhecimento aprofundado das mudanças fisiológicas e patológicas que ocorrem com o envelhecimento e estão capacitados para lidar com questões complexas, como polifarmácia, fragilidade e comorbidades.

Por outro lado, a gerontologia é uma disciplina multidisciplinar que abrange diversos campos do conhecimento, incluindo ciências sociais, psicologia, sociologia, antropologia e saúde pública. A gerontologia estuda o processo de envelhecimento de forma mais ampla, investigando os aspectos biológicos, psicológicos, sociais e culturais relacionados ao envelhecimento e à velhice. Os gerontólogos estão interessados no envelhecimento saudável, na qualidade de vida dos idosos, no bem-estar psicossocial, nas políticas públicas e nas questões sociais que afetam a população idosa.

Em resumo, a geriatria é uma especialidade médica voltada para o cuidado clínico dos idosos, enquanto a gerontologia é uma área de estudo mais ampla que investiga o envelhecimento em suas diversas dimensões. No entanto, as duas áreas se complementam e trabalham em conjunto para promover o envelhecimento saudável e a qualidade de vida dos idosos.

O que faz um Geriatra?

Um geriatra é um médico especializado em geriatria, que é a área da medicina dedicada ao cuidado da saúde dos idosos. O geriatra possui conhecimento específico sobre os aspectos médicos, funcionais, emocionais e sociais do envelhecimento, além de compreender as particularidades das condições médicas que afetam os idosos.

As principais responsabilidades de um geriatra incluem:

  1. Avaliação e diagnóstico: Os geriatras realizam uma avaliação abrangente dos idosos, levando em consideração sua saúde física, funcionalidade, cognição, estado emocional, ambiente social e medicamentos em uso. Com base nessa avaliação, eles podem diagnosticar e tratar condições médicas específicas relacionadas ao envelhecimento, como demência, doença cardiovascular, osteoporose, diabetes, depressão e outras.
  2. Tratamento e gerenciamento de condições médicas: Os geriatras são especialistas em lidar com as complexidades das condições médicas crônicas dos idosos. Eles desenvolvem planos de tratamento individualizados, prescrevem medicamentos apropriados, monitoram a resposta ao tratamento e ajustam as terapias conforme necessário. Além disso, eles estão preparados para lidar com múltiplas condições médicas (comorbidades) que são comuns nos idosos.
  3. Cuidados de saúde preventivos: Os geriatras enfatizam a prevenção de doenças e a promoção da saúde em idosos. Eles realizam exames de rotina, como avaliações de saúde, rastreamento de doenças, vacinação, aconselhamento sobre estilo de vida saudável e orientações para prevenção de quedas.
  4. Gerenciamento do cuidado integrado: Os geriatras trabalham em colaboração com outros profissionais de saúde para coordenar o cuidado dos idosos. Eles atuam como um ponto central, integrando informações e garantindo que o cuidado seja holístico e abrangente, considerando todas as necessidades médicas, sociais e emocionais do paciente.
  5. Cuidado paliativo e cuidado de fim de vida: Os geriatras também estão envolvidos no cuidado paliativo, fornecendo suporte médico e emocional para idosos com doenças avançadas ou terminais. Eles ajudam a gerenciar sintomas, melhorar a qualidade de vida e garantir que as preferências do paciente sejam respeitadas durante o cuidado de fim de vida.

Em resumo, o geriatra é o médico especializado no cuidado da saúde dos idosos, utilizando uma abordagem multidimensional para avaliar, diagnosticar, tratar e promover a saúde e o bem-estar dos idosos.

O Dr. Mário Brusque é um Geriatra qualificado, experiente e capacitado, que trabalha com dedicação e empenho no suporte ao paciente. Entre em contato e agende a sua consulta!


O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.